Por que você deve fazer o planejamento financeiro empresarial do seu negócio?

PLANEJAMENTO FINANCEIRO

Por que você deve fazer o planejamento financeiro empresarial do seu negócio?

O planejamento financeiro empresarial é um mapeamento das ações do negócio, incluindo controle da renda, investimentos, despesas etc. Seu propósito é o de reunir informações reais e seguras para auxiliar na conquista de metas, aumentar a lucratividade e atingir resultados.

Nos tópicos seguintes, explicamos a importância do planejamento financeiro empresarial, como elaborá-lo com eficiência e, no fim, como a recuperação de crédito tributário auxilia no alcance desse objetivo. Confira!

Qual a importância do planejamento financeiro empresarial?

Esse planejamento é a base para todas as tomadas de decisões em um negócio, pois fornece maior controle do seu orçamento e garante maior sucesso tanto das estratégias de curto prazo como daquelas de longo prazo. Isso ocorre pelo fato de o plano trazer benefícios, como:

  • controle financeiro: os gestores sabem todas as entradas e saídas;
  • previsão de investimentos: é possível prever os resultados dos investimentos e ações realizadas;
  • redução de gastos: são identificadas as despesas supérfluas e tomadas medidas para reduzi-las ou eliminá-las.

Como realizar esse planejamento com eficiência?

Exige-se muito conhecimento técnico e organização para elaborar um bom planejamento financeiro. Veja etapas para fazê-lo eficientemente.

Analise a situação atual da empresa

Primeiramente, é importante realizar um diagnóstico completo da empresa. A equipe contábil deve fazer um balanço patrimonial para que sejam mensurados os ativos (bens e direitos) e os passivos (obrigações). Também é importante responder às seguintes perguntas sobre o negócio:

  • Como a empresa está inserida no mercado?
  • O que é preciso para que a empresa seja mais reconhecida pelo seu público-alvo?
  • Quais iniciativas são necessárias para melhorar os serviços?
  • Qual a capacidade de investimento de curto, médio e longo prazo?
  • Qual o nível de endividamento da empresa?

Prepare planilhas das contas

Relacione todos os recursos que entrarão em caixa em uma planilha, pois isso permite o planejamento dos recursos que serão utilizados em um período. O mesmo processo deve ser feito em relação aos gastos, pois há a identificação da capacidade da empresa de arcar com suas obrigações.

Elabore um orçamento

Nessa etapa, o responsável planeja como serão controlados os recursos financeiros. Durante as decisões, devem ser avaliados alguns itens, como:

  • disponibilidade de capital em caixa;
  • dimensionamento dos custos fixos (independem da produção) e variáveis (afetados pela produção);
  • capacidade de investimento;
  • recursos necessários para atingir metas.

O ideal é que tudo seja feito de forma transparente para os chefes dos setores e colaboradores, assim, todos trabalharão para seguir o orçamento.

Defina as metas

Aqui, são determinadas quais serão as metas a serem conquistadas em um determinado prazo, sendo fundamental que elas sejam atingíveis e mensuráveis. Algumas relacionadas às finanças são:

  • reduzir custos fixos;
  • aumentar o faturamento;
  • quitar empréstimos em curto prazo;
  • negociar descontos com fornecedores;
  • aumentar a capacidade de investimentos.

Preveja cenários

Tenha em mente que nem sempre tudo ocorrerá como o planejado, portanto, preveja medidas para três tipos de cenários:

  • pessimista: ocorrem as piores situações sobre a receita, os custos, as despesas e os investimentos;
  • otimista: metas de faturamento são batidas, custos de produção são reduzidos, entre outras positividades;
  • realista: situações com maior probabilidade de ocorrerem.

Como inserir a recuperação de crédito tributário no planejamento?

A recuperação do crédito tributário é uma ação tomada pela empresa para receber do governo valores anteriormente pagos em tributos. A carga tributária brasileira é excepcionalmente onerosa para pessoas jurídicas, mas, com essa recuperação, a organização usufrui de vantagens, como:

  • identificação de erros nos processos para minimizar riscos de autuações e multas;
  • ajuste da carga tributária;
  • melhoria da gestão financeira de forma global.

A empresa que tem o suporte de especialistas contábeis consegue alocar essa recuperação no seu planejamento financeiro empresarial, possibilitando mais redução de custos, o alcance de melhores metas e muito mais. Os consultores profissionais realizarão os seguintes processos na empresa para fazerem a recuperação do crédito tributário:

  • leitura técnica dos documentos e processos internos da empresa;
  • identificação de oportunidades tributárias;
  • identificação de falhas processuais;
  • aplicação de melhorias processuais e recuperação do crédito tributário.

Com um bom planejamento financeiro empresarial, a organização maximizará as chances de sucesso no mercado, já que utilizará melhor os seus recursos. Com o auxílio de uma empresa de contabilidade, ela ainda poderá utilizar a recuperação de crédito tributário e maximizar os ganhos.

O nosso artigo foi útil? Agora, acesse nosso post que traz como contratar uma empresa de contabilidade com segurança e elabore um planejamento eficiente!

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *